Casos de Uso Blockchain

Compartilhar
Copied to clipboard!
Casos de Uso Blockchain
Ouça este artigo
00:00 / 00:00

As idéias por trás da blockchain foram concebidas no início de 1991, mas a tecnologia só começou a receber mais atenção quando a Bitcoin foi desenvolvida, em 2009. A Bitcoin foi criada por uma pessoa ou um grupo de pessoas sob o pseudônimo de Satoshi Nakamoto. Embora não se saiba exatamente quem é Satoshi Nakamoto, sua inovação tecnológica já causou um grande impacto na forma como o mundo lida com dinheiro.

Boa parte das redes Blockchain funcionam como um ledger (livro-razão) distribuído que grava e protege dados digitais por meio do uso de criptografia. A tecnologia é constantemente aplicada às redes de moedas digitais (criptomoedas), mas sua natureza segura e descentralizada também faz dela uma ferramenta poderosa para várias outras indústrias.

À medida que o espaço das criptomoedas cresce e as soluções baseadas na tecnologia blockchain melhoram, aprender sobre como essa tecnologia inovadora pode ser aplicada em diferentes cenários é muito importante.

Por remover a necessidade de confiança e reduzir os custos de segurança, a tecnologia blockchain se torna atrativa por oferecer maior eficiência. Além disso, a rede descentralizada pode ser configurada como um banco de dados totalmente transparente, visível a todos seus participantes.  Nesse sentido, a tecnologia blockchain permite a criação de um registro distribuído, porém unificado. Isso oferece oportunidades para melhorar o desempenho e a segurança de várias indústrias e organizações (por exemplo, caridade, cadeia de suprimentos, saúde, etc.).


Caridade

Várias organizações de caridade ao redor do mundo lidam com desafios de gerenciamento de recursos, transparência operacional e governabilidade. Certamente, a tecnologia blockchain pode ser muito útil para essas instituições, como uma ferramenta de otimização dos processos de arrecadação e gerenciamento de fundos.

Já temos alguns exemplos notáveis de integração da tecnologia blockchain em organizações de caridade. Por exemplo, a Blockchain Charity Foundation (BCF) é uma organização sem fins lucrativos que trabalhar em prol do desenvolvimento sustentável, buscando combater a pobreza e desigualdade social, com o intuito de incentivar a filantropia pela blockchain ao redor do mundo.


Cadeia de suprimentos

A maioria das cadeias de suprimento enfrentam vários obstáculos no que diz respeito à transparência e eficiência. O sistema de gestão atual ainda depende da confiança em terceiros e está longe de fornecer uma integração apropriada entre as empresas e as partes envolvidas. A tecnologia blockchain pode ser usada para rastrear todo o processo de criação e distribuição de materiais dentro de uma rede de cadeia de suprimentos. Um banco de dados distribuído pode ser apropriado para registrar com segurança quaisquer dados relacionados, garantindo a autenticidade dos produtos, além da transparência dos pagamentos e transporte.


Healthcare

Gargalos operacionais, erros de dados e burocracia são preocupações significativas da indústria de saúde. A blockchain tem vários casos de uso na área de saúde, incluindo rastreamento de medicamentos através da cadeia de suprimentos e gerenciamento de dados de pacientes.

Além disso, a blockchain pode oferecer benefícios de segurança importantes para os hospitais, já que essas instituições são alvos frequentes de hackers devido ao alto valor de seus dados e à grande dependência deles.

Empresas estão explorando o uso da blockchain como forma de armazenar registros digitais de saúde. Tais soluções podem diminuir as despesas gerais e, ao mesmo tempo, melhorar a privacidade e precisão dos dados.


Pagamento de direitos Autorais

Normalmente, músicos, desenvolvedores de games e artistas em geral batalham muito para conseguir o pagamento que merecem devido à pirataria digital, relacionamentos injustos com agências terceirizadas ou simplesmente por alguma impossibilidade de receber por seus direitos autorais..

A tecnologia blockchain pode ser usada para desenvolver uma plataforma onde talentos criativos têm um registro imutável e transparente de quem está alugando, comprando ou usando seu conteúdo. Tal plataforma também pode facilitar pagamentos por meio de contratos inteligentes (smart contracts) - que são basicamente contratos digitais auto-executáveis.


Governança

A tecnologia blockchain tem o potencial de melhorar significativamente a governança em diferentes setores. Ao administrar redes e operações de maneira mais democrática, justa e segura, os sistema baseados na blockchain podem ser implementados como uma ferramenta para acabar com as fraudes em votações, aumentando a confiança das pessoas durante eleições ou outros processos constitucionais. Esses sistemas também podem ser utilizados como uma poderosa arma contra corrupção, melhorando a integridade e rastreabilidade de dados em uma variedade de cenários, desde a arrecadação de impostos até à distribuição de verba auxiliar.


Soluções de pagamento e dApps

Quando se trata de enviar dinheiro ao redor do mundo, a tecnologia blockchain já provou ser extremamente eficiente. Enviar criptomoedas para amigos, familiares e outras pessoas no mundo todo já é mais barato e mais rápido em comparação com as soluções oferecidas por bancos e sistemas de pagamento centralizados.

Além disso, sites e aplicativos centralizados não fornecem aos usuários controle sobre seus dados e quase sempre não os recompensam de acordo com o real valor que eles oferecem à plataforma. Os aplicativos baseados na blockchain (dApps) eliminam os intermediários, concedendo ao usuários o potencial de usufruir de taxas reduzidas, melhores incentivos e maior eficiência em transações, além de poderem enviar e receber dinheiro de forma digital.

Como disse Vitalik Buterin, soluções em blockchain permitem que pessoas trabalhem diretamente umas com as outras, eliminando a necessidade de terceiros ou sistemas centralizados.

“Enquanto a maiorias das tecnologias automatizam tarefas básicas dos trabalhadores, as tecnologias blockchain automatizam o papel do intermediário. Em vez de acabar com o emprego do taxista, a blockchain acaba com o negócio da Uber, permitindo que os taxistas lidem diretamente com seus clientes.”


Internet das Coisas (IoT)

A blockchain e a Internet das Coisas (IoT) são naturalmente compatíveis. A blockchain é uma tecnologia descentralizada e as redes IoT são frequentemente usadas para coletar dados de fontes que estão dispersas.

A blockchain permite que organizações mantenham um ledger imutável e transparente de dispositivos IoT, registrando os dados coletados por eles e suas interações. Entre seus recursos de segurança e suas aplicações de criptomoedas, a tecnologia blockchain oferece uma plataforma ideal para transações máquina-a-máquina (M2M).

Visto que a blockchain é uma tecnologia baseada na facilitação de transações precisas e seguras, faz sentido que seja integrada com a IoT como forma de garantir a precisão e segurança de dados e prestação de contas. É por isso que muitas empresas têm investido muitos recursos em redes IoT baseadas em  blockchain.


Considerações finais

Sendo uma tecnologia de contabilidade que faz uso de um ledger totalmente distribuído, a blockchain tem capacidade de fornecer às redes e organizações maior segurança, transparência e eficiência. A tecnologia aumenta a privacidade e elimina a necessidade da confiança em terceiros. Ela também cria uma internet de valores onde os usuários podem realizar transações internacionais ponto-a-ponto (P2P).

É por isso que a tecnologia blockchain e as criptomoedas não estão aqui apenas para ficar, mas também possuem o poder de transformar todos os tipos de indústria e aspectos da vida humana, desde de finanças, agricultura, big data até governabilidade, votações e leis.

Loading