Um breve guia sobre o indicador SAR Parabólico

Compartilhar
Copied to clipboard!
Um breve guia sobre o indicador SAR Parabólico
Ouça este artigo
00:00 / 00:00

O que é o SAR Parabólico?

O analista técnico J. Welles Wilder Jr. desenvolveu o indicador Parabolic Stop and Reverse (SAR) no final da década de 1970. Foi apresentado em seu livro "New Concepts in Technical Trading Systems", junto com outros indicadores populares, como o Índice de Força Relativa (Relative Strength Index, RSI).

Na realidade, Wilder denominou essa abordagem como Tempo Parabólico/Sistema de Preço, enquanto o conceito de SAR foi apresentado da seguinte forma:

SAR significa "Stop and Reverse" (parada e reversão). Este é o ponto no qual uma Long-Trade é encerrada e uma Short-Trade é inserida, ou vice-versa. 

- Wilder, J. W., Jr. (1978). New Concepts in Technical Trading Systems (p. 8)

Hoje, o sistema é conhecido como o indicador SAR Parabólico, que é usado como uma ferramenta para identificar tendências de mercado e possíveis pontos de reversão. Embora Wilder tenha desenvolvido vários indicadores de análise técnica (TA) manualmente, agora eles fazem parte da maioria dos sistemas digitais de trading e softwares de gráficos. Sendo assim, as técnicas não exigem mais cálculos manuais e são relativamente fáceis de usar.

 

Como funciona?

O indicador SAR Parabólico consiste em pequenos pontos que são colocados acima ou abaixo do preço de mercado. Os pontos criam uma parábola, mas cada ponto representa um único valor SAR.

Em suma, os pontos são plotados abaixo do preço durante uma tendência de alta e acima dele durante uma tendência de baixa. Eles também são plotados durante os períodos de consolidação, onde o mercado se move lateralmente. Mas neste caso, os pontos mudarão de um lado para outro com muito mais frequência. Em outras palavras, o indicador SAR Parabólico é menos útil em mercados que não apresentam uma tendência de alta ou de baixa.

 

Vantagens

O SAR Parabólico pode fornecer informações sobre a direção e duração das tendências do mercado, bem como possíveis pontos de reversão. Dessa forma, ele pode aumentar as chances de investidores encontrarem boas oportunidades de compra e venda.

Alguns traders também usam o indicador SAR Parabólico para determinar preços dinâmicos de stop-loss, para que suas paradas se movam de acordo com a tendência do mercado. Essa técnica é geralmente chamada de trailing stop-loss. 

Essencialmente, ele permite que os traders consolidem lucros já obtidos porque suas posições são fechadas assim que a tendência se reverte. Em algumas situações, também pode impedir que os traders fechem posições lucrativas ou entrem em uma trade muito cedo.

 

Limitações

Como mencionado, o SAR Parabólico é particularmente útil em mercados de tendência, mas não tanto durante os períodos de consolidação. Quando falta uma tendência clara, é mais provável que o indicador forneça sinais falsos, o que pode causar perdas significativas.

Um mercado instável (que sobe e desce muito rápido) também pode fornecer vários sinais enganosos. Portanto, o indicador SAR Parabólico tende a funcionar melhor quando os preços mudam em um ritmo mais gradual.

Outro ponto a se considerar é a sensibilidade do indicador, que pode ser ajustada manualmente. Quanto maior a sensibilidade, maiores as chances de ocorrência de sinais falsos.

Em alguns casos, sinais falsos podem incentivar os traders a fechar posições lucrativas muito cedo, vendendo ativos que ainda têm potencial de ganho. Ou ainda pior, falsos indícios podem dar aos investidores uma falsa sensação de otimismo, induzindo-os a comprar cedo demais.

Por fim, como o indicador não considera o volume de trading, ele não fornece muitas informações sobre a força de uma tendência. Embora os grandes movimentos do mercado aumentem a diferença entre cada ponto, isso não deve ser interpretado como indicativo de uma forte tendência.

Não importa quanta informação os traders e investidores tenham, riscos sempre farão parte dos mercados financeiros. Porém, muitos deles combinam o SAR Parabólico com outras estratégias ou indicadores como forma de minimizar riscos e compensar suas limitações. 

Wilder recomendou o uso do Índice Direcional Médio (Average Directional Index), juntamente com o SAR Parabólico, para avaliar a força das tendências. Além disso, médias móveis, ou o indicador RSI também podem ser usados na análise antes de entrar em uma posição.

 

O cálculo do indicador SAR Parabólico

Hoje, os programas de computador realizam os cálculos automaticamente. Mas para os interessados, esta seção fornece uma breve explicação do cálculo do SAR Parabólico.

Os pontos SAR são calculados com base nos dados de mercado existentes. Portanto, para calcular o SAR de hoje, usamos o SAR de ontem e para calcular o valor de amanhã, usamos o SAR de hoje.

Durante uma tendência de alta, o valor do SAR é calculado com base nas altas anteriores. Durante as tendências de baixa, são considerados as baixas anteriores. Wilder se referiu aos pontos mais altos e mais baixos de uma tendência como Extreme Points (EP). No entanto, a equação não é a mesma para tendências de alta e de baixa.

Para tendências de alta:

SAR = SAR anterior + AF x (EP anterior – SAR anterior)

Para tendências de baixa:

SAR = SAR anterior – AF x  (SAR anterior – EP anterior)

AF significa fator de aceleração. Começa em 0,02 e aumenta em 0,02 sempre que o preço atinge um novo máximo (para tendências de alta) ou um novo mínimo (para tendências de baixa). No entanto, se o limite de 0,20 for atingido, esse valor será mantido por toda a duração dessa trade (até que ocorra a reversão da tendência).

Na prática, alguns analistas ajustam manualmente o AF para alterar a sensibilidade do indicador. Um AF maior que 0,2 irá aumentar a sensibilidade (mais sinais de reversão). Um AF menor que 0,2 faz o oposto. Ainda assim, Wilder afirmou em seu livro que aumentos de 0,02, em geral, funcionavam melhor.

Embora o cálculo seja relativamente simples, alguns traders perguntaram a Wilder como calcular o primeiro SAR, considerando que a equação requer os valores anteriores. Segundo ele, o primeiro SAR pode ser calculado com base no último EP antes de uma reversão da tendência de mercado.

Wilder recomendou que os traders voltassem ao gráfico para encontrar uma reversão clara e usassem esse EP como o primeiro valor de SAR. O SAR seguinte pode ser calculado até que sejam atingidos os últimos preços do mercado. 

Por exemplo, se o mercado estiver em alta, um trader poderá voltar alguns dias ou semanas até encontrar uma correção anterior. Em seguida, ele encontra o mínimo local (EP) dessa correção, que pode ser usado como o primeiro SAR para a próxima tendência de alta.

 

Considerações finais

Embora seja da década de 1970, o SAR Parabólico ainda é amplamente utilizado. Os investidores podem aplicá-lo a muitas das alternativas de investimento atuais, incluindo Forex, commodities, ações e mercados de criptomoeda. 

Entretanto, nenhuma ferramenta de análise de mercado pode garantir 100% de precisão. Antes de usar o SAR Parabólico ou qualquer outra estratégia, os investidores devem ter um bom entendimento sobre mercados financeiros e análise técnica. Eles também devem ter estratégias adequadas de trading e gerenciamento de riscos para mitigar os riscos inevitáveis.

Loading