O que é Margin Trading?

Compartilhar
Copied to clipboard!
O que é Margin Trading?
Ouça este artigo
00:00 / 00:00

O trading com margem (margin trading) é um método de trading que utiliza fundos fornecidos por terceiros. Em comparação com contas regulares, as contas de margem permitem que os traders tenham acesso a maiores quantias em termos de valores de capital, permitindo-lhes alavancar suas posições. Essencialmente, o margin trading amplifica os resultados de trade para que os traders possam obter lucros maiores em negócios bem-sucedidos. Essa capacidade de amplificar os resultados torna o margin trading especialmente popular em mercados de baixa volatilidade, particularmente no mercado internacional Forex. Ainda assim, o margin trading também é usado nos mercados de ações, commodities e criptomoedas.

Nos mercados tradicionais, os fundos emprestados geralmente são fornecidos por um corretor de investimentos. Em trades de criptomoedas, entretanto, os fundos são freqüentemente fornecidos por outros traders, que ganham juros com base na demanda do mercado por fundos de margem. Apesar de ser menos comum, algumas corretoras de criptomoeda também fornecem fundos de margem para seus usuários.


Como funciona o margin trading?

Quando se inicia uma margin trade, o trader deverá fornecer uma porcentagem do valor total do pedido. Esse investimento inicial é conhecido como margem e está diretamente relacionado ao conceito de alavancagem. Em outras palavras, as contas de margem são usadas para criar trades alavancadas e a alavancagem descreve a proporção de fundos emprestados para a margem. Por exemplo, para realizar uma trade de US $ 100.000 com uma alavancagem de 10:1, um comerciante precisaria fornecer US $ 10.000 de seu capital.

Naturalmente, diferentes plataformas de trade e mercados oferecem um conjunto distinto de regras e taxas de alavancagem. No mercado de ações, por exemplo, 2:1 é um índice típico, enquanto contratos futuros são frequentemente negociados com uma alavancagem de 15:1. Nas corretoras Forex, margin trades são freqüentemente alavancadas na proporção de 50:1, mas em alguns casos as proporções de 100:1 e 200:1 também são utilizadas. Quando se trata de mercados de criptomoedas, as proporções geralmente variam de 2:1 a 100:1, e a comunidade comercial costuma usar a terminologia "x" (2x, 5x, 10x, 50x e assim por diante).

O método de margin trading pode ser utilizado tanto em posição comprada (long position) quanto em posição vendida (short position). Uma long position reflete uma suposição de que o preço do ativo subirá, enquanto uma short position reflete o contrário. Enquanto a posição de margem está aberta, os ativos do trader atuam como garantia para os fundos emprestados. Isso é fundamental para os traders entenderem, já que a maioria das corretoras se reserva o direito de forçar a venda desses ativos caso o mercado se mova contra sua posição (acima ou abaixo de um certo limite).

Por exemplo, se um trader abre uma long position alavancada, pode ocorrer uma chamada de margem (margin call) quando o preço cai significativamente. Uma margin call ocorre quando um trader é obrigado a depositar mais fundos em sua conta de margem, a fim de atingir os requisitos mínimos da margin trade. Se o trader não o fizer, os seus fundos serão automaticamente liquidados para cobrir as suas perdas. Normalmente, isso ocorre quando o valor total de todas as ações em uma conta de margem, também conhecida como margem de liquidação, cai abaixo da margem total exigida por essa determinada corretora.


Vantagens e desvantagens

A vantagem mais óbvia do margin trading é o fato de que ele pode resultar em lucros maiores devido ao maior valor relativo das posições de trading. Além disso, a margin trading pode ser útil para a diversificação, pois os traders podem abrir várias posições com quantidades relativamente pequenas de capital de investimento. Por fim, ter uma conta de margem pode tornar mais fácil para que os traders abram posições rapidamente sem ter que transferir grandes quantias de dinheiro para suas contas.

Apesar de todas as vantagens citadas, o margin trading tem a óbvia desvantagem de aumentar as perdas da mesma forma que pode aumentar os ganhos. Ao contrário do método de trade tradicional (spot trading), o margin trading introduz a possibilidade de perdas que excedem o investimento inicial de um trader e por isso, é considerado um método de alto risco. Dependendo da quantidade de alavancagem envolvida em uma trade, até mesmo uma pequena queda no preço de mercado pode causar perdas substanciais. Por esse motivo, é importante que os investidores que decidam utilizar o margin trading empreguem estratégias adequadas de gerenciamento de risco e façam uso de ferramentas de mitigação de risco, como as stop-limit orders.


Margin trading no mercado de criptomoedas

O margin trading é inerentemente mais arriscado do que o spot trading, mas quando se trata de criptomoedas, os riscos são ainda maiores. Devido aos altos níveis de volatilidade, típicos desses mercados, os margin traders de criptomoeda devem ter um cuidado especial. Embora as estratégias de gerenciamento de risco possam ser úteis, o margin trading certamente não é adequado para iniciantes. 

Ser capaz de analisar gráficos, identificar tendências e determinar pontos de entrada e saída não elimina os riscos envolvidos do margin trading, mas pode ajudar a antecipar melhor os riscos e a fazer trades de forma mais eficaz. Portanto, antes de alavancar suas operações de criptomoeda, recomenda-se aos usuários que desenvolvam um profundo conhecimento de análise técnica e obtenham uma vasta experiência de spot trading.


Margin funding

Para os investidores que optam por não correr os riscos relacionados ao margin trading, existe outra maneira de lucrar usando métodos de trading com alavancagem. Algumas plataformas de trading e câmbio de criptomoedas oferecem um recurso conhecido como fundo de margem (margin funding), em que os usuários podem fornecer seu dinheiro para financiar as margin trades de outros usuários.

Normalmente, o processo segue termos específicos e gera taxas de juros dinâmicas. Se um trader aceita os termos e a oferta, o fornecedor dos fundos tem direito ao reembolso do empréstimo com os juros previamente acordados. Embora os mecanismos possam diferir de uma corretora para outra, os riscos de fornecer fundos de margem são relativamente baixos, devido ao fato de que posições alavancadas podem ser liquidadas à força para evitar perdas excessivas. Ainda assim, o margin funding requer que os usuários mantenham seus fundos na carteira de câmbio. Portanto, é importante considerar os riscos envolvidos e entender como o recurso funciona na corretora escolhida.


Considerações finais

Certamente, o margin trading é uma ferramenta útil para aqueles que procuram ampliar os lucros de seus negócios bem-sucedidos. Se usada adequadamente, a alavancagem fornecida por contas de margem pode ajudar na lucratividade e na diversificação da carteira. 

Como mencionado, no entanto, esse método de trading também pode amplificar as perdas e envolve riscos muito maiores. Então, só deve ser usado por traders altamente qualificados. No que se refere à criptomoeda, o margin trading deve ser abordado com mais cautela devido aos altos níveis de volatilidade do mercado.

Loading