O que são Esquemas de Pirâmide e Ponzi?

08.12.2018

A maioria das pessoas que investem em Bitcoin ou qualquer outra criptomoeda – ou decidem participar das Ofertas Iniciais de Moedas (ICO) – estão normalmente preocupadas com dois pontos. Primeiro, o Retorno de Investimento (ROI), que representa os lucros que o investimento inicial pode proporcionar. A segunda preocupação está relacionada ao risco desse investimento. Quando o projeto apresentado pelos desenvolvedores é muito arriscado, os investidores podem perder o dinheiro investido (em partes ou por completo), dessa forma resultando num ROI negativo.

É natural que cada investimento tenha um nível de risco diferente. A possibilidade de ter um ROI negativo aumenta de forma acentuada quando o investidor entra num esquema de pirâmide ou Ponzi sem ter ciência, vale lembrar que a prática desses esquemas é crime contra a economia popular. Portanto, estar preparado para identificar estes esquemas e entender como funcionam é muito importante para qualquer investidor.

 

O que é um Esquema Ponzi?

O esquema Ponzi recebeu esse nome devido ao seu criador Charles Ponzi, um vigarista Italiano que se mudou para América do Norte e tornou-se conhecido por seus esquemas fraudulentos com objetivo de ganhar dinheiro enganando as pessoas. No começo de 1920, Ponzi conseguiu enganar centenas de desavisados e fez seu esquema funcionar por mais de 1 ano. O funcionamento é muito simples, trata-se de um investimento falso que consiste em pagar os antigos investidores com o dinheiro dos novos participantes. O problema disso é que as pessoas que chegam por último nunca terão nenhum retorno do patrimônio investido.

O esquema Ponzi funciona basicamente assim:

  1. O divulgador do esquema oferece uma oportunidade de investimento e recolhe R$1.000,00 de um investidor e promete devolver o dinheiro com juros de 10% no final do período predefinido (ex. 90 dias).

  2. Antes do período de 90 dias acabar, o divulgador do esquema consegue convencer mais duas pessoas a investir R$1.000,00 cada, com um total de R$2.000,00 em caixa, fará o pagamento de R$1.100,00 prometido ao primeiro investidor usando o dinheiro dos novos participantes. Ele também incentiva o primeiro participante a re-investir mais R$1.000,00.

  3. Recrutando novos investidores, o impostor faz o pagamento dos rendimentos prometidos aos antigos. Dessa forma é mais fácil convencê-los a reinvestir e recrutar mais pessoas para o esquema, já que ao pagar como acordado, tem cada vez mais confiança dos envolvidos.

  4. Enquanto o sistema cresce, o criminoso precisa recrutar cada vez mais pessoas, caso contrário é impossível pagar os rendimentos prometidos.

  5. Quando o esquema cresce à ponto de ser insustentável, aquele criminoso que deu início acaba sendo preso. Ou foge com todo o dinheiro arrecadado, deixando os investidores com prejuízos incontáveis.


O que é um Esquema de Pirâmide?

O esquema de pirâmide opera num modelo de negócios que promete pagamentos e recompensas para membros que se juntam ao sistema e conseguem convencer outras pessoas a entrarem também.

Por exemplo, um promotor fraudulento oferece à Bob e Alice uma chance de comprar os direitos de distribuição de uma empresa por R$1.000,00 cada. Então, agora que eles têm o direito de vendê-los, ganham uma parte de cada membro adicional que conseguem recrutar. Os R$1.000,00 coletados de suas próprias vendas desses direitos são então compartilhados com o promotor, dividindo metade para cada.

No cenário apresentado, Bob e Alice precisam vender dois direitos cada para recuperar o dinheiro investido, já que eles ganham só metade de cada venda subsequente. O fardo de ter que vender dois direitos para recuperar o investimento é então transferido para seus clientes. Sabendo que o sistema precisa de mais e mais pessoas para continuar de pé, eventualmente isso se torna insustentável e o esquema quebra. Esse desenvolvimento insustentável do esquema é um dos pontos que o torna criminoso.

A maioria dos esquemas de pirâmide não oferecem nenhum produto ou serviço, são sustentados unicamente pelo dinheiro que é arrecadado de novos membros recrutados. Contudo, alguns esquemas são apresentados como empresas de Marketing Multinível (MMN) que pressupõem a venda de algum produto ou serviço. Mas essa tática é usada somente para tentar esconder a fraude que operam, embora muitas empresas de MMN com ética questionável estejam usando esquemas de pirâmide, nem todas elas são fraudulentas.


Ponzi vs Pirâmide

Similaridades

  • As duas são fraudes financeiras que convencem vítimas a investir dinheiro prometendo altos rendimentos.

  • Ambas necessitam da entrada constante do dinheiro de novos investidores para terem sucesso e continuarem ativas.

  • Normalmente, esses esquemas não oferecem nenhum serviço ou produto legítimo.

Diferenças

  • Esquemas Ponzi são usualmente apresentados como serviços de gestão financeira, fazendo os participantes acreditarem que o retorno é resultado de um investimento real. O criminoso basicamente rouba de um investidor para pagar ao outro.

  • Esquemas de Pirâmides são baseados no marketing de rede e necessitam que os participantes recrutem novos membros para ganhar dinheiro. Portanto, cada participante recebe uma comissão antes de entregar o dinheiro para o topo da pirâmide.


Formas de se proteger

  • Seja cético. Uma oportunidade de investimento que promete uma forma rápida, fácil e muito lucrativa de rendimento, com um valor mínimo para tal, é provavelmente uma fraude.

  • Cuidado com oportunidades inesperadas. Um convite inesperado para fazer parte de um investimento de longo termo com alto rendimento é normalmente uma armadilha.

  • Investigue o vendedor. A entidade que está divulgando a oportunidade de investimento deve ser investigada de forma minuciosa. Um investidor profissional, corretora ou empresa que oferece serviços de gestão financeira devem estar registrados junto ao governo, obedecendo às leis.

  • Não confie. Verifique. Investimentos legítimos devem estar registrados na forma da lei. A primeira ação a ser tomada é perguntar ao divulgador sobre estes registros. Se o investimento não está registrado, uma boa e razoável explicação deve ser dada.

  • Tenha certeza de que entende sobre o investimento. Nunca invista dinheiro em algo que não compreende totalmente. Use todos os recursos disponíveis para se educar e tome bastante cuidado com oportunidades divulgadas de forma secreta.

  • Denuncie. Sempre que encontrar um esquema de pirâmide ou Ponzi, é muito importante denunciá-los para as autoridades competentes. Isso contribui para que ninguém mais seja engano e perca dinheiro com esses esquemas.


Bitcoin é um esquema de pirâmide?

Algumas pessoas podem falar que o Bitcoin é um grande esquema de pirâmide prestes a ruir, mas isso é simplesmente mentira. Bitcoin é dinheiro. É uma moeda digital descentralizada protegida por algoritmos matemáticos e criptografia, pode ser usado para comprar produtos e serviços. Assim como dinheiro de papel, criptomoeda também podem ser usadas para esquemas de pirâmides (ou outras atividades ilícitas), mas isso não quer dizer que o dinheiro de papel ou criptomoeda são esquemas de pirâmide.

Loading